Painel de TV ou rack qual escolher?

Houve um tempo em que não tinha muita escolha. Era uma estante ou um rack que apoiava a televisão e outros objetos na sala da nossa casa. Hoje a história é diferente.

Está bem enganado quem acha que a televisão não faz parte da decoração. Com a chegada dos televisores mais modernos, de tela plana, HD, Plasma, 4K, entre outros, surgiu a necessidade de planejar soluções para deixar o ambiente ainda mais sofisticado, como o painel ou rack para instalá-la.

Os dois modelos de móveis combinam com qualquer ambiente, mas fica difícil decidir qual se encaixa melhor na necessidade de cada um. Então acompanhe esse post especial:

Painel X Rack

Na hora de escolher a mobília da sala de estar tem alguns itens que realmente não podem faltar, como o sofá, poltronas, mesa lateral. Já em relação aos outros móveis, você pode ter muito mais autonomia para escolher vários tipos. Um caso clássico é a decisão de colocar a TV em um rack ou em uma estante.

O rack é um móvel de pouca altura e com algumas divisões, prateleiras ou portas, e tem como objetivo, principalmente acomodar sua televisão e objetos decorativos ou de uso particular. Seu uso, portanto, é um pouco mais específico.

Porém, o painel está em alta! Além disso, é um móvel sofisticado, que otimiza o espaço da sala, é super prático pois atua com o encaixe da televisão direto na parede.

Os racks são móveis bem baixos e servem para colocar outros eletrônicos. Mas se escolher um painel, uma boa dica é procurar por modelos que acompanham pequenas prateleiras ou um design personalizado, caso tenha mais alguns eletrônicos que se conectam com a TV.

O rack é uma boa opção para quem mora de aluguel. Imagina você precisar furar a parede para montar seu painel? Em imóvel alugado nem sempre isso é possível. Quem tem ciúme da pintura também passa por esse problema. Com o rack você não precisa estragar nada.

Já o painel é super funcional, principalmente em casa menores e apartamentos. Isso porque o painel, que serve como uma espécie de suporte para a TV, fica fixo na parede, sem atrapalhar a circulação do ambiente.

Mas isso não quer dizer que cômodos grandes não podem receber os tão procurados painéis. Pelo contrário: elegantes e funcionais, eles caem bem em qualquer ambiente.

Pontos positivos e negativos

O ponto negativo no uso do painel é a necessidade de fazer alguns furos na parede para a instalação, mas nada que uma massa corrida não possa esconder depois. Além disso, paredes de Dry Wall também podem não ser resistentes a ponto de aguentar o peso do painel e da televisão.

Já o rack, como dissemos, é a opção perfeita pra quem mora em imóveis alugados, já que não é preciso modificar as paredes para fazer a instalação. Além disso, existem diversos modelos super modernos, basta escolher o que mais combina com o seu gosto ou com o estilo de decoração que a sua sala segue.

O painel está na moda, é o queridinho do momento. Existem muitas vantagens em escolher essa opção uma delas é a economia de espaço, se você tem um ambiente pequeno pode optar pelo painel, assim você não precisa ficar com tudo apertadinho. Ele também é bem prático, nele a TV fica suspensa e na parede.

Outro ponto importante é, antes de ir à loja, observar bem o tamanho do cômodo, o espaço escolhido para o móvel e o que pretende por sobre ele. É importante que tudo fique bem encaixado. Quanto mais organizado melhor.

Já se o cômodo for grande, o melhor a se fazer é optar por um modelo com dimensões diferenciadas, um planejado, se possível. Dependendo do tamanho do local, uma estantepode ser a melhor opção.

 

Se sua opção for o rack, você pode colocar a TV em cima dele ou na parede, tudo vai depender do seu gosto e de como quer sua decoração.

Mas ainda falando das vantagens de ter um painel para TV é que analisando pelo lado pratico, funcional e design, não temos como negar que eles têm conquistado um número de cada vez mais adeptos para as salas de estar.

Ponto positivo também, é que hoje em dia no mercado existem variados modelos com diferentes materiais e acabamentos.

Outro motivo, é que por ser prático e funcional, a fiação pode ser facilmente escondida passando por trás do aparelho. Bacana né?!

Como falamos, observar o tamanho do cômodo é essencial para não errar na escolha. O ideal é que o móvel tenha dimensões proporcionais ao ambiente. Dessa forma, se você tiver uma sala menor, o recomendado é adquirir um rack menor.

A opção da boa e velha estante

Ela ainda pode ser vista, principalmente em casas mais antigas. A estante costuma ser maior e mais alta, além de ter várias divisões, espaço para armazenar livros, DVD’s, e pode ser usada inclusive nos quartos. Ela pode ter portas e ser mais larga ou mais estreita, dependendo do modelo escolhido. Sua variação acaba sendo maior.

Analisando tudo, vemos que os racks são bem práticos, tem um design baixo e serve para colocar a TV e outros eletrônicos. Além disso eles são bem moderninhos e você consegue encontrar de vários tamanhos.

E se mesmo assim você estiver em dúvida, não esqueça que é possível instalar o painel junto com o rack, ou fixar a TV diretamente na parede, proporcionando mais espaço para posicionar os aparelhos de forma mais organizada.

Além de observar o tamanho do ambiente, é essencial analisar a quantidade de móveis, eletrodomésticos e outros objetos que você já tem no local. Isso é importante porque nem sempre as dimensões da sala são suficientes para fazer uma escolha acertada.

Se uma sala grande já tem inúmeros elementos, por exemplo, o recomendado é adquirir um rack pequeno.

Não esqueça de prestar atenção na cor, no design e no formato do móvel. Para criar uma decoração harmônica, todos esses elementos devem conversar entre si. Assim, se a sua sala já for colorida demais, o ideal é optar por um rack neutro.

Confira aqui algumas opções de painel de tv e rack que a Ábeto tem para te oferecer.

Fonte: Liv decora

Envie uma mensagem
close slider